|

Dia Mundial da Doação de Leite Humano marca importância do ato para o desenvolvimento do bebê Destaque

O Dia Mundial da Doação de Leite Humano é lembrado neste dia 19 de maio e simboliza o auxílio fundamental que o ato solidário gera um bebê em fase de desenvolvimento. Santa Catarina dispõe de 14 bancos de leite e 10 postos de coletas cadastrados na Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano, a qual é ligada à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Em alusão à data, unidades da Secretaria de Estado da Saúde (SES) prepararam ações, destacando os doadores e os prematuros que recebem a doação.

 

Os Bancos de Leite Humano são estruturas, geralmente localizadas em maternidades que possuem unidades de tratamento intensivo neonatal, com a função de coletar, processar, estocar e distribuir o leite humano doado. Além disso, os Bancos de Leite Humano atuam no apoio às mães com dificuldades em amamentar.

O leite doado é importante para evitar a morte e promover o crescimento e o desenvolvimento de bebês internados em unidades de cuidados intensivos, devido ao nascimento prematuro ou com baixo peso, e que não conseguiram receber o leite da sua própria mãe. A quantidade de 300ml de leite doado pode servir a 10 bebês prematuros.

 

HISTÓRIA

O dia mundial foi escolhido durante o V Congresso Brasileiro de Bancos de Leite Humano e I Fórum de Cooperação Internacional em Bancos de Leite Humano, realizado em 2010, em Brasília. Na data, foi assinada a Carta de Brasília para a criação da Rede de Bancos de Leite em 23 países, seguindo o modelo da Rede Brasileira de Bancos de Leite Humano. O Brasil é referência mundial na doação.

A cada ano é escolhido um tema relacionado à doação do leite humano. Para 2022 o tema é Doação do leite humano: solidariedade e paz no mundo globalizado.

Informações Secom

Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

© 2020 Rádio Clube São Domingos-SC. Todos os Direitos Reservados.