|

Polícia civil deflagra nova fase da operação “Imperadores” em combate ao tráfico de drogas em Chapecó Destaque

Na manhã desta terça-feira (22), a Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Investigação Criminal (DIC/PCSC) de Chapecó, deflagrou uma nova fase da operação “Imperadores”. O objetivo é apurar crimes de tráfico de drogas ilícitas, organização criminosa e lavagem de dinheiro. Foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em Chapecó, no Oeste, e outro em Porto Belo, litoral Norte. 

 

Além da colheita de elementos probatórios, durante as buscas foram apreendidas cocaína e munições. A mãe de um dos investigados foi presa em flagrante. A ação contou com o apoio da Delegacia de Roubos e Furtos de Chapecó, da DIC/PCSC de Maravilha e do Núcleo de Operações com Cães (NOC/PCSC) de São Lourenço do Oeste.

Os dois principais investigados, um homem e uma mulher suspeitos de serem responsáveis pelo tráfico de cocaína no interior de Santa Catarina e no Rio Grande do Sul, foram presos pela Polícia Civil de Santa Catarina no dia 21 de fevereiro deste ano, na primeira fase da operação. Nos últimos dias, o Poder Judiciário determinou a prorrogação das prisões de ambos, que se encontram no Presídio de Chapecó. 

Os dois presos seriam os responsáveis pelos 76 quilos de cocaína apreendidos em julho do ano passado em Chapecó. O nome da operação “Imperadores” faz alusão à outra operação realizada contra o mesmo casal, no ano de 2006, pela Polícia Federal. Naquela ocasião, eles foram presos pelo tráfico de sete quilos de cocaína.

A DIC/PCSC de Chapecó prossegue na apuração, inclusive para a identificação de outros membros da organização criminosa.

Informações e foto Polícia Civil

Avalie este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

© 2020 Rádio Clube São Domingos-SC. Todos os Direitos Reservados.