|

Projetos de eficiência energética beneficiam hospitais, indústrias e municípios catarinenses Destaque

By Março 17, 2021 196 0

Para estimular e promover o uso consciente e eficiente de energia elétrica em diferentes segmentos da sociedade, o Governo do Estado e a Celesc assinaram, nesta terça-feira, 16, durante solenidade virtual, as ordens de serviço para a execução de 10 projetos na área de Eficiência Energética.

 

As propostas selecionadas via Chamada Pública, realizada em 2019, para compor o Programa de Eficiência Energética - PEE Celesc/Aneel 2021-2022 vão beneficiar mais de 1 milhão de pessoas direta e indiretamente, com a economia de 6,8MWh de energia por ano.

Durante o evento, o governador Carlos Moisés da Silva afirmou que é papel do Estado promover mudanças positivas e alinhadas ao modelo de sociedade sustentável que Santa Catarina tanto merece e deseja. “A Celesc tem sido uma grande parceira neste objetivo e, mais uma vez, confirma sua excelência em gestão, com foco em eficiência, inovação e criatividade em prol da qualidade de vida dos catarinenses. A transparência na seleção dos projetos e a sinergia com as demandas que o Governo estabelece como prioridades, sendo uma delas a otimização dos recursos de energia, são indicadores importantes de que estamos no caminho certo”, destacou.

O presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins, lembrou que a Celesc vem investindo de forma sistemática em projetos de Eficiência Energética. “Esses projetos visam a redução do consumo de energia elétrica e, por isso, beneficiam o meio ambiente e os catarinenses como um todo. Somente nas propostas selecionadas nesta Chamada Pública serão investidos R$ 15,8 milhões, recurso que irá contemplar hospitais, iluminação pública de municípios, indústrias e órgãos que prestam serviços públicos”, afirmou.

A busca constante do setor industrial pela otimização do consumo de energia elétrica, com impacto direto no negócio, foi ressaltada pelo presidente da Fiesc, Mário Cézar de Aguiar. “Somente com as três indústrias selecionadas nesta Chamada Pública teremos uma economia financeira de R$ 965 mil por ano. Se somarmos essa a outras iniciativas como o Bônus Motor, por exemplo, que ajuda a tornar mais eficiente e a renovar o parque fabril do estado, fica evidente que temos na Celesc uma parceira importante para a execução de iniciativas que valorizam os anseios das empresas por desenvolvimento econômico, social e ambiental”, disse.

Para o prefeito de Urupema, Evandro Frigo Pereira, representante do Consórcio Intermunicipal da Serra Catarinense (Cisama), o programa é relevante para o dia a dia da população porque melhora a qualidade da iluminação pública das cidades que tiveram seus projetos selecionados. “Essa ação trará uma importante redução de 508 MWh/ano no consumo de energia que, somando todas as cidades contempladas, trará uma economia financeira de R$ 143 mil, recurso que poderá ser usado pelos municípios para fazer novos investimentos alinhados à eficiência energética”, afirmou.

A importância da eficiência energética para a saúde pública foi destacada pelo gerente de Manutenção do Hospital Marieta Konder Borhausen, Renato Luiz Ramos, que representou os hospitais de Santa Catarina. Ele contou que o projeto trará à entidade, principal centro de atendimento hospitalar da região de Itajaí, uma economia de aproximadamente R$ 320 mil por ano. “É uma honra contar com o apoio e o investimento da Celesc em ações que buscam a ampliação da eficiência energética na saúde pública. A substituição de mais de nove mil lâmpadas irá aumentar a qualidade da iluminação do hospital, sem que haja desperdícios. Certamente, toda população será beneficiada”, enfatizou.

Processo Seletivo

Durante a seletiva foram apresentados 55 projetos distintos, todos submetidos à avaliação de critérios técnicos por equipe de especialistas da empresa, como ocorrido em edições anteriores. “Nos últimos sete anos, a Celesc já beneficiou mais de 60 clientes por meio dessas chamadas públicas, com investimentos que ultrapassam os R$ 75 milhões em iniciativas revertidas em melhorias para a população e para diversos segmentos de negócio”, contou o gerente de P&D e Eficiência Energética da empresa, Thiago Jeremias. A partir da divulgação do resultado, as propostas selecionadas devem ser executadas entre 12 a 24 meses.

Seguindo a regra da Aneel, a Celesc deve abrir processo de chamada pública com o objetivo de selecionar novos projetos de Eficiência Energética, pelo menos uma vez ao ano. “Os interessados em apresentar seus projetos na área de eficiência energética não precisam esperar. Uma nova chamada pública já está aberta, com prazo de envio de propostas até 16 de abril, e um novo processo também está previsto para ser aberto até o fim deste ano”, sinalizou Jeremias. Para participar, os interessados devem estar inscritos no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica, ou seja, possuir CNPJ, e ficar atentos às divulgações nos canais oficiais e no site da Celesc

Informações: Secom - Foto: Ricardo Wolffenbüttel

Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Quarta, 17 Março 2021 09:25

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

© 2020 Rádio Clube São Domingos-SC. Todos os Direitos Reservados.