|

Chape diminui 25% da jornada de trabalho em setores administrativos

By Julho 20, 2020 95 0

Clube adota medidas para reduzir impactos financeiros durante pandemia

 

Em dificuldades financeiras, a Chapecoense optou por reduzir 25% da jornada de trabalho de funcionários do setor administrativo. A decisão é baseada na lei federal 14.020/2020 que institui o programa de manutenção de emprego e renda durante a pandemia do coronavírus.

Depois de organizar uma “vaquinha virtual” para pagar o salário de funcionários, a nova medida visa diminuir o impacto financeiro ocasionado pela paralisação das competições por conta da pandemia de coronavírus.

A medida gera uma diminuição na folha de pagamentos dos funcionários impactados proporcional à redução da carga horária - 25%. Assim, o Governo Federal passa a complementar o salário com os recursos da União. A ação fica em vigor por 60 dias, com fim em 17 de setembro.

A situação difícil nos cofres do clube não é novidade. Em 2019 a Chapecoense atrasou salários de atletas e precisou fazer acordos para honrar os compromissos a longo prazo. Na última semana, o Verdão do Oeste renegociou dívidas trabalhistas, inclusive as relacionadas com a tragédia aérea de novembro de 2016, que matou 71 pessoas na Colômbia.

Avalie este item
(0 votos)
Última modificação em Segunda, 20 Julho 2020 12:45

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.

© 2020 Rádio Clube São Domingos-SC. Todos os Direitos Reservados.