No Ar
Programa Atualidades
Escute a Rádio Ao Vivo
49 3443 6190
Curta nossa páginaFacebook

Preço da gasolina contraria inflação baixa e sobe 25% em seis meses

CompartilheCompartilhe no FacebookImprimir

12/01/2018 – SEXTA-FEIRA

 

Um preço que está na contramão dessa inflação mais baixa é o da gasolina, que subiu 25% só de julho para cá. A gasolina mais cara do país é a do Acre: R$ 4,80 por litro, em média. Depois vêm o Rio e Goiás. A gasolina mais barata é no Maranhão. O preço médio cobrado no Brasil é R$ 4,15 por litro. Mas, no Rio de Janeiro, em vários postos, o preço da gasolina comum já passou dos R$ 5 o litro.

 

De 3 de julho a 28 de dezembro, a gasolina teve 115 reajustes. E aumentou 25% por causa da nova política de preços da Petrobras, mais flexível. Os preços podem subir ou baixar, acompanhando a variação do dólar e do preço do petróleo no mercado externo, que cresceu mais do que o esperado.

 

“Na verdade, nós estamos repassando para o país o aumento do preço internacional dos combustíveis, como acontece com todas as commodities, as commodities agrícolas, todos os produtos agrícolas que têm preços determinado internacionalmente sofrem consequências quando tem aumento do preço internacional no mercado nacional. Então nós estamos seguindo no setor de combustível algo que já é natural para a sociedade brasileira em outros seguimentos”, destaca Alfredo Renault, professor de Economia da PUC-Rio.

 

Fonte: G1 / Foto: divulgação / www.clubesd.com.br / Keli Camiloti

 

Enviar por e-mail