No Ar
Programa RaízesPrograma Raízes
Escute a Rádio Ao Vivo
49 3443 6190
Curta nossa páginaFacebook

Hospital de Abelardo Luz terá nova diretora

CompartilheCompartilhe no FacebookImprimir

09/02/2017 – QUINTA-FEIRA

 

No dia 1° de março toma posse à nova diretoria do Hospital Nossa Senhora Aparecida de Abelardo Luz. A nova administração será gerida por irmãos Rogacionistas, em parceria com o instituto Vidas – Instituto de Assistência à Saúde.  O instituto vidas integra uma rede de serviços Médico-hospitalares fruto da parceria entre o Estado, Municípios, Fundações e entidades prestando atendimento complementar ao SUS, respeitando o nível de gestão de cada um e de acordo com a realidade loco-regional.

 

O prefeito Nerci Santin e o Secretário de Administração Nelson Martini, receberam na quarta-feira (08) a visita do Diretor e Presidente do Vidas,  Richard Choseki, e do engenheiro ambientalista da instituição. Richard Choseki irá atuar até a nomeação de um irmão Rogacionista como Diretor Interino.

 

Os trabalhos no hospital iniciam simultaneamente a posse da nova diretoria. Sendo que administração municipal trabalha para a viabilização e agilidade da prestação de serviços do Instituto Vidas e da nova diretoria. “Começamos o trabalho no dia 1° março. Então as primeiras ações serão trazer um aparelho de raio-x digital, dois radiologistas para o hospital, mais quatro cirurgiões além dos projetos para tomografia e recuperação da ala do Centro Cirúrgico, que começa nos próximos dias”, comenta.

 

A partir da assistência do Instituto no hospital, a população e região passam a contar com os exames de ultrassonografia, endoscopia e colonoscopia. O objetivo é que a partir do mês de abril, o município conte com os trabalhos de especialistas como cirurgião geral, proctologista, otorrino, urologista, nefrologista, endocrinologista, ortopedista e ginecologia cirúrgica. “São algumas especialidades que vem para o município, desafogando o atendimento de hospitais e beneficiando a população de Abelardo e região”.

 

Durante a visita, o prefeito explanou as principais necessidades do município, assim como o atendimento emergencial de algumas áreas. Conforme o diretor Choseki, até o final do ano, o hospital deve ofertadas cerca de 250 exames para todo o município, além disso, o corpo clínico deve contar com mais de vinte médicos.

 

“Vamos atender casos de média complexidade, que são as cirurgias que representam cerca de 90% dos atendimentos no âmbito do SUS (Sistema Único de Saúde). O hospital deve se tornar um polo de saúde, com isso, garantiremos mais qualidade de vida além de uma estrutura maior, que se torna necessário devido aos campos de atendimento na área saúde”.

 

Fonte (texto e foto): Ascom PMAL / www.clubesd.com.br / Keli Camiloti

 

Enviar por e-mail