No Ar
Escute a Rádio Ao Vivo
49 3443 6190
Curta nossa páginaFacebook

Horário de verão 2017 começa neste fim de semana

CompartilheCompartilhe no FacebookImprimir

11/10/2017 – QUARTA-FEIRA

 

Brasileiros de 10 Estados e do Distrito Federal deverão adiantar os relógios em uma hora neste domingo (15). A mudança permanece até o dia 17 de fevereiro, quando termina o horário de verão.

 

Neste ano, estudos realizados pelo Ministério de Minas e Energia apontaram que a adoção da hora adiantada na época mais quente do ano não resulta mais em economia de energia, e que não há relação direta com a redução de consumo e demanda. Essa questão levou o governo a discutir o cancelamento do horário de verão neste ano, mas a falta de tempo hábil para fazer uma consulta à população sobre o assunto adiou a decisão.

 

No ano passado, de acordo com dados do Ministério de Minas e Energia, o horário de verão durou 126 dias e gerou uma economia de R$ 159,5 milhões ao sistema, ao reduzir o acionamento de usinas termoelétricas. No entanto, o custo é considerado irrelevante para o setor.

 

O secretário executivo do Ministério de Minas e Energia, Paulo Pedrosa, disse que, para o governo, a aplicação do horário de verão se aproxima da neutralidade. Em contrapartida, ele afirma que, para a sociedade, para o trânsito e para a vida das pessoas, a impressão é de que a alteração traz mais benefícios.

 

 

ADAPTAÇÃO AO HORÁRIO DE VERÃO LEVA ATÉ SETE DIAS

 

Segundo especialistas, a adaptação pode ser feita em um período de cinco a sete dias. Quem costuma sentir os efeitos da mudança de horário no organismo deve começar a se preparar desde já, adiantando gradualmente a hora de dormir.

 

As consequências da mudança de horário no organismo podem ir desde mal-estar, dificuldades para dormir, sonolência diurna e até alterações de apetite. Segundo o médico, é preciso tomar alguns cuidados nos dias seguintes à mudança de horário, como evitar dirigir distâncias longas.

 

Os idosos e as crianças, por terem uma necessidade maior de sono e de rotina, podem sentir mais os efeitos da mudança de horário. Uma dica para melhorar a adaptação é dormir com a janela aberta, para que a luminosidade natural ajude a despertar mais cedo.

 

 

Fonte: Diário Catarinense / Foto: divulgação / www.clubesd.com.br / Keli Camiloti

Enviar por e-mail