No Ar
Escute a Rádio Ao Vivo
49 3443 6190
Curta nossa páginaFacebook

Cooperalfa comemora 50 anos com festa para 17 mil pessoas

CompartilheCompartilhe no FacebookImprimir

A Cooperalfa comemorou seus 50 anos de fundação nesta terça-feira, 10 de outubro de 2017. A cooperativa recebeu mais de 15 mil agricultores associados, além da imprensa e autoridades locais e regionais no parque da Efapi, em Chapecó-SC. Logo após o cerimonial comemorativo houve o grandioso show com a dupla sertaneja Victor e Léo, que mesmo com o tempo bastante fechado e algumas garoas, animou o público presente. Logo após o show, os associados foram recepcionados para o almoço e durante a tarde aproveitaram o tempo para visitar a feira.

 

O governador do estado Raimundo Colombo também esteve presente no evento e destacou a importância que a Cooperalfa tem para Santa Catarina e toda a região Oeste. Além disso, estiveram presentes autoridades como o secretário de Estado da Agricultura e Pesca Airton Spies e o prefeito de Chapecó Luciano Buligon.

 

A dupla Victor e Leo fez um show com mais de uma hora e meia de duração. Durante este período, animaram e emocionaram os associados com seus sucessos. O mau tempo não impediu que o grande público estivesse na frente do palco, acompanhando e cantando de perto as canções da dupla sertaneja.

 

 
LOGÍSTICA E ALIMENTAÇÃO

 

Os participantes da festa dos 50 anos procedem de todas as regiões de atuação da Cooperalfa: Extremo-Oeste, Noroeste, Oeste, Planalto Norte e Sul catarinense. Caravanas vieram do Alto Uruguai Gaúcho, do Sul do Paraná e do Mato Grosso do Sul. Para receber os cerca de 300 ônibus, uma mega-operação logística foi montada numa parceria entre Alfa e Prefeitura de Chapecó, envolvendo Polícia e setores de trânsito.

 

Encerrada a programação da manhã, os associados e convidados foram recepcionados para o almoço em quatro locais: Restaurante Industrial (dentro do Parque Tancredo Neves, destinado para autoridades e profissionais de imprensa); Ginásio da Unochapecó; estrutura montada no estacionamento da Unochapecó e na antiga Comunidade São Judas Tadeu (próximo dos Portões I e IV do Parque Tacredo Neves).

 

Um guia de informações com o mapa da feira foi montado para indicar os locais de estacionamento dos ônibus e de almoço. Os participantes receberam três cores distintas de camisetas para facilitar a organização: branca, azul e verde. Além disso, todos tiveram acesso a capas de chuva.

 

 

A COOPERALFA

 

Fundada em 29 de outubro de 1967 por 39 agricultores da região de Chapecó, a Cooperalfa deve fechar o ano com recordes. Hoje conta com 19 mil associados. Atua em 147 municípios de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, gerando mais de três mil empregos diretos.

 
No setor agropecuário, a Cooperalfa é a quarta maior cooperativa brasileira e a maior em Santa Catarina. Faturou em 2016 R$ 2,6 bilhões crescimento de 17,2% sobre 2015 – e projeta R$ 3 bilhões de receita bruta para 2017. Além dos benefícios gerados para seus associados, a atuação das cooperativas é essencial para pequenos municípios cuja principal fonte de renda e tributária é a agropecuária.

 

O 2º vice-presidente Edilamar Wons destaca o reconhecimento com relação à atuação da cooperativa, que vai da produção da matéria-prima à industrialização. A Cooperalfa integra o sistema Aurora, uma marca forte e que leva os produtos da agricultura familiar para o Brasil e dezenas de outros países. Temos orgulho em dizer que a terceira maior agroindústria nacional é uma cooperativa e, através dela, nossos produtos estão diariamente na mesa de milhares de famílias.

 

Já o 1º vice-presidente, Cládis Jorge Furlanetto, coordenador geral dos 50 anos, evidencia que, ao longo desse primeiro cinquentenário, a Cooperalfa tem gerado inclusão e igualdade pela forma como trabalha. Através da assistência técnica os associados têm acesso às novas tecnologias; promovemos cursos e palestras para que nosso quadro social esteja sempre muito bem informado, visando o desenvolvimento técnico, humano e ampliação da renda na propriedade. Com rentabilidade, acredita o diretor, o agricultor investe na propriedade e na melhora de sua qualidade de vida.

 

Na ótica de Romeo Bet, agricultor e 3º presidente na história da Alfa, o destaque vai para as ações educativas. Desenvolvemos um amplo trabalho social, através de programas de formação de jovens, mulheres e da família como um todo, exemplifica.

 

 

PROJETANDO O FUTURO

 

Bet resume o ano de 2017 como o encerramento de um ciclo e o nascimento de outro. Temos a responsabilidade, daqui para frente, de iniciar bem a construção dos próximos 50 anos, acredita. Pensar em uma cooperativa próspera e sólida diante das necessidades de cada momento é o desejo de Bet. Isso, para que os futuros agricultores, nossos filhos e netos, continuem tendo uma agricultura forte, moderna e que acompanha a evolução tecnológica, afirmou.

 

Chegar aos 50 anos é um motivo de orgulho, mas também de muita responsabilidade, diz o presidente da Alfa. Somos responsáveis pelo futuro da cooperativa, um futuro de negócios maiores, competitividade acirrada e margens estreitas, sempre fitando a partilha de resultados aos associados, via Cota-Capital, que já soma R$ 80 milhões distribuídos e outros R$ 200 milhões já creditados nas respectivas contas. Precisamos buscar alternativas para continuar nossa caminhada de crescimento e construção de cidadania, resumiu.

 
Fonte: Alfa / Fotos: Luis Fernando e Rudimar Antunes / Keli Camiloti

 

Enviar por e-mail